“Vamos acabar com o cocô no Brasil. O cocô é essa raça de corrupto e comunista”, diz Bolsonaro sobre governadores do Nordeste

Foto: Andrê Nascimento/G1

Em mais uma declaração polêmica, Jair Bolsonaro (PSL) quebrou o decoro e voltou a falar em cocô. Ao discursar nesta quarta-feira (14), em Parnaíba, no Piauí, o ocupante do Planalto fez referência aos comunistas como cocô do Brasil e que a intenção dele é acabar com todos. A referência ocorreu quando o mandatário da República falava dos governadores do Nordeste, no Estado governado pelo petista Wellington Dias.

“Alguns governadores estão querendo separar o Nordeste do Brasil. Esses cabras estão no caminho errado. Vamos acabar com o cocô no Brasil. O cocô é essa raça de corrupto e comunista”, disse.

Recentemente, Bolsonaro sugeriu que o brasileiro alternasse os dias para “fazer cocô” com o objetivo de proteger o meio ambiente. 

VEJA TAMBÉM:

Deputado nega bloqueio de recursos do Governo Federal para a Paraíba

Compartilhar