VAPT VUPT: Aplicativo de transporte é lançado em Cajazeiras e empresa contrata motoristas

Motorista de aplicativo (Imagem: Ilustrativa/Reprodução)

A modernidade dos aplicativos de transportes chegou ao Sertão. Foi lançando na cidade de Cajazeiras o aplicativo de transporte Vapt Vupt. Além de tarifas diferenciadas, o aplicativo é um sistema de transporte que vem sendo lançado em cidades que têm no mínimo 60 mil habitantes. A representação de Cajazeiras está contratando motoristas. O aplicativo pode ser baixado pela App Store da Apple ou pela Play Store do Android. 

“Assim como em outros aplicativos, o passageiro deve fazer um cadastro informando seu nome, CPF, número de telefone válido”, explicou o funcionário da Vapt Vupt, que não quis se identificar. A empresa já está instalada com alguns motoristas na cidade sertaneja, mas continua contratando para aumentar a frota de veículos, que realizará corridas diuturnas. 

Vapt Vupt no App Store

Segundo o funcionário, em Cajazeiras, a ideia é facilitar ainda mais a vida do cliente que utiliza esse tipo de serviço, além de oferecer mais opções para escolha do que mais agrada ou se aproxima da sua necessidade. A corrida poderá ser paga em dinheiro ou nos cartões de débito ou crédito.

A ideia é, também, oferecer os preços mais baixos ainda do que nos aplicativos existentes em Campina Grande e João Pessoa, por exemplo. Segundo o motorista da empresa em Cajazeiras, os valores são mais baratos que os de outros aplicativos porque os motoristas cadastrados pagam somente uma pequena taxa livre de porcentagens da corrida.

Preço – Um dos diferenciais dessa modalidade de transporte, que é semelhante à Uber, é o preço mais barato. Uma simulação feita pela reportagem do Tribuna10 verificou que uma corrida no Vapt Vupt partindo da Honda Cavalcanti Primo até a UFCG Campus V, na cidade Cajazeiras, custa apenas R$ 8,40.

O modelo de negócio é o mesmo dos demais aplicativos atuantes no mercado: o cliente pede o carro, o motorista aceita a corrida e o passageiro paga ao fim da viagem. Por começar este mês em Cajazeiras, o serviço ainda pode apresentar falhas.

Redação PB Debate com O Beradeiro

LEIA TAMBÉM

BRASIL: Preço do gás de cozinha vai cair em até 12%

Compartilhar