Vereador Murilo Galdino critica gestão de Romero Rodrigues

Escolhido esta semana como novo líder da bancada de oposição na Câmara Municipal de Campina Grande, o vereador Murilo Galdino (PSB), já começou a mostrar as suas “garras” ao prefeito Romero Rodrigues (PSDB). No primeiro discurso na tribuna da Casa, após ser confirmado como líder da bancada, Murilo fiz críticas a Romero e disse que a gestão do tucano contratou muita gente, inchando assim, a folha do município. Mesmo com um perfil mais “light”, o socialista já deixou claro que fiscalizará de forma mais intensa, as ações do Chefe do Executivo Municipal.

Para ele, Romero deixou de fazer importantes investimentos na cidades, e as aquisições feitas na saúde, não surtiram os efeitos esperados pela população campinense.

“O prefeito Romero contratou muita gente e deixou o poder de investimento da prefeitura engessado, as aquisições que ele fez a saúde não teve o resultado esperado. Só fez aumentar os gastos públicos”. Ele garantiu no entanto, que seguirá o mesmo posicionamento de Olímpio Oliveira (PMDB) e fará uma oposição responsável e propositiva, sem ataques pessoais.

Prova disso é que no primeiro teste do novo líder da oposição, aCâmara de Campina aprova ampla e polêmica isenção fiscal.

O projeto, em tramitação há algum tempo na Casa, recebeu recentemente uma emenda dos vereadores Pimentel Filho (PROS), presidente da Casa; e do próprio Murillo Galdino (PSB), hoje líder do bloco oposicionista. A emenda, segundo Murillo, foi acordada entre os vereadores e garantia a isenção à implantação de um Hospital Escola que o grupo pretende instalar na cidade.

“Porém, de uma hora para a outra, os vereadores mudaram de opinião e aprovaram a isenção para todas as empresas do grupo. Acho importante a implantação de um hospital na cidade, por isso acordamos a isenção para esta ação. Mas não podemos aprovar uma isenção geral, para todas as empresas do grupo, que já é beneficiado de outras formas”, argumentou o líder oposicionista.

Quanto ao seu posicionamento na Câmara Municipal, Murilo Galdino diz que vai se integrar mais dos assuntos políticos, estatutos e que dará o seu melhor até a próxima nomeação.

“Não me sinto incomodado porque sempre atuei de maneira muito responsável. O sentido da oposição é ver as falhas e apontar as possíveis correções. Nunca quis uma oposição rasteira, de ataques pessoais”, destacou o vereador.

Nos últimos meses, o vereador e presidente da bancada oposicionista do município de Campina Grande, Olímpio Oliveira (PMDB), vinha anunciando a saída da liderança. Disposto a fazer um rodízio na liderança oposicionista, Olímpio convidou Murilo que foi questionado por ser, até pouco tempo atrás, da bancada governista Na última terça-feira (21) vereador Murilo Galdino (PSB) aceitou o convite para liderar a bancada.

Em uma bancada composta por sete vereadores, Murilo se diz entusiasmado: “É hora de fazer a liderança dessa bancada”. Ele também falou sobre a importância do partido na política campinense: “O partido tem que ter candidatura própria, pois é o partido mais importante atualmente no estado da Paraíba. Tem que participar de forma majoritária”.

Quando questionado sobre os possíveis nomes do partido para a próxima eleição, Murilo não hesitou e citou alguns nomes, como o presidente da Assembleia Legislativa Adriano Galdino, o deputado Veneziano Vital do Rêgo, o secretário Fábio Maia, e o presidente da CDL, Artur Almeida (Bolinha).

Fonte Paraiba Já

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enquete

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 4,2900
  • LibraR$ 5,4117
  • Peso Arg.R$ 0,0690
  • BitcoinUS$ 7.176,7500

Denuncie pelo WahtsApp