Vereador Napoleão Maracajá acha muito estranha a venda da Folha Dos Servidores e exige explicações ao povo

A Prefeitura de Campina Grande anunciou, na última quarta-feira, 16, que abrirá concorrência para a gestão financeira da folha de pessoal do Município. Napoleão Maracajá, acha muito estranho a quebra de contrato, da prefeitura com o banco Bradesco. O que o povo pode achar? Que a gestão quer fazer caixa, para as eleições.

Por que a pressa? Se o tempo do governo termina no final de dezembro, vão fazer um contrato de seis meses? Será que o prefeito tem certeza que o povo vai renovar o mandato seu mandato? O povo precisa e tem o direito de saber o que se passa no subterrâneo do município de Campina.

O mais honesto era cumprir o contrato, para daí abrir o processo de licitação. Não se dá nenhuma satisfação os servidores, que nunca são respeitados, e nunca são consultados, por um serviço que diz respeito a eles. É grave, é estranho, conclamo as instituições, ao povo, aos servidores a ficarem atentos.

O que vão fazer com esse dinheiro, vai fazer um contrato mais do que o tempo de governo? Se não bastasse a farra que estão fazendo com os bens públicos do povo, com graciosas doações de terreno público em transações desvantajosas para o povo de Campina Grande. Muito estranho. Exigimos respostas, exigimos satisfação ao povo, e aos servidores.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *