VIOLÊNCIA NA ESCOLA: 10 pessoas foram mortas a tiros em colégio na Grande SP

Escola Raul Brasil – Foto: Google Maps

Estudantes e funcionários foram mortos a tiros na manhã desta quarta-feira (13), na escola estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, na região metropolitana de São Paulo. Até o meio dia, a conta era de 10 mortos. O local está com muita atividade e órgãos de segurança. O crime ocorreu após dois adolescentes encapuzados entrarem atirando no local, segundo informações da Polícia Militar. Os dois teriam cometido suicídio, segundo informações da rádio Band News FM.

Segundo o Corpo de Bombeiros, havia oito crianças feridas na escola, até o fechamento desta matéria. Não há informações sobre a condição de saúde das vítimas. Dois helicópteros Águia e três unidades do
Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram deslocados para o local. Os bombeiros também enviaram seis unidades de resgate.

A escola fica bem em frente a uma Igreja Messiânica Mundial. O funcionário do templo religioso Marcos Filho contou ao UOL que os tiros foram ouvidos após às 9h, durante o intervalo dos alunos. “A minha esposa estava aqui de manhã, ela ouviu vários tiros vindos da escola. Nós ficamos bem em frente ao prédio da escola. As crianças começaram a correr”, contou.

Nesse momento, segundo ele, a igreja está tentando prestar assistência a quem chega ao local. “Tem muito bombeiro aqui, muita polícia, helicópteros sobrevoando. Não dá para saber quem é pai e mãe querendo saber dos filhos e quem é curioso”, disse.

UOL

LEIA TAMBÉM:

Polícia realiza a maior apreensão de fuzis no Rio durante investigação sobre assassinato de Marielle

Compartilhar

Enquete

Quem é o melhor candidato (a) do grupo de OPOSIÇÃO para a prefeitura de Campina em 2020?

Cotações

  • Dólar TurismoR$ 3,9300
  • LibraR$ 5,0091
  • Peso Arg.R$ 0,0933
  • BitcoinUS$ 3.995,5800

Denuncie pelo WahtsApp