11 escolas e faculdades particulares foram autuadas em Campina por falta de documento

Onze estabelecimentos privados de ensino localizados em Campina Grande, a 125 quilômetros de João Pessoa, foram autuados pelo MP-Procon por falta de documentos exigidos por lei para o funcionamento. Segundo o MP-Procon, faltavam certificado do Corpo de Bombeiros, licença ambiental, autorização do Conselho Estadual de Educação e alvará de funcionamento.

As autuações foram feitas entre os meses de maio e junho, quando o órgão ministerial realizou fiscalização em 52 estabelecimentos privados de ensino, sendo seis faculdades particulares, cinco escolas de cursos técnicos, 33 escolas de educação infantil, ensino fundamental e médio e oito escolas de idiomas.

Os estabelecimentos de ensino particulares autuados que não apresentarem defesa e que persistirem com as irregularidades poderão sofrer sanções administrativas, que vão desde a aplicação de multas até a interdição da unidade.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp