Sousa chora morte de médico e empresário, vítimas de Covid-19 nas últimas 24 horas

O município de Sousa chora a morte de dois filhos vítimas da Covid. Em menos de 24 horas morreran o médico e ex-vereador Antônio Ricélio de Oliveira, de 69, marido da ex-prefeira de Vieiropolis, que também morreu de Covid há dois meses e o empresário Carlos Alberto Freitas da Silva, conhecido como “Carlinhos de Deodato”, de 56 anos.

Os dois estavam internados na capital do Estado, onde lutavam pela vida.

Ricélio estava internado no Hospital Universitário (HU) em João Pessoa desde o dia 8 de novembro, onde passou por várias sessões de hemodiálise e por último teria sido contaminado pela bactéria Klebsiella Pneumoniae Carbapenemase (KPC).

O médico havia perdido a sua esposa no último dia 25 de novembro, Francisca Santa Nóbrega Oliveira, ex-prefeita de Vieiropolis, que morreu aos 66 anos.

Carlinhos de Deodato morreu na noite de ontem (2), no Hospital da Unimed em João Pessoa. Ele estava recebendo o atendimento médico em seu apartamento na capital, e vinha se recuperando de um AVC (Acidente Vascular Cerebral), quando foi contagiado pelo novo coronavírus e agravou o quadro clínico, sendo internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Compartilhar