Trabalhando para ser candidato a governador em 2022, Romero cobra apoio de Lucélio e Luciano

Com nome já colocado para concorrer ao Governo do Estado, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), se articula para obter o apoio da família Cartaxo. O político campinense lembrou que em 2018 se colocou à disposição dos irmãos para apoiar Lucélio Cartaxo (PV), que disputou o cargo de governador da Paraíba.

“Pretendo contar com o apoio de todos”, declarou Romero. Ele disse ainda que quer conversa com irmãos Cartaxo. “No que depender de mim, vou ousar em conversar e convencer. Luciano Cartaxo, que lá atrás, quando ele precisou do nosso apoio na candidatura de Lucélio Cartaxo nós fomos solidários e correspondemos a expectativa e a confiança porque fomos vitoriosos em Campina Grande”, lembrou. A chapa ainda contava com Micheline Rodrigues (PSDB), esposa de Romero, como candidata a vice-governadora e foi derrotada no Estado ainda no primeiro turno.

Torcendo pela restauração da saúde do senador José Maranhão, presidente do MDB na Paraíba, internado em São Paulo com Covid-19, o pré-candidato disse ter interesse de também conversar com a cúpula do partido em busca de apoio no próximo pleito. “Vamos conversar com o senador José Maranhão. Conversei com ele durante o último processo eleitoral e assim iremos conversar com todo mundo”, concluiu.

Compartilhar