Conhecido cardiologista campinense morre de Covid em Natal

O médico Antonio Loureiro Gomes, 83 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (6) e Covid, num hospital de Natal (RN). O médico morava em Campina Grande e era uma pessoa bastante querida por clientes e amigos. Ele havia viajado para a capital potiguar para passar os festejos natalinos com a filha.

Antônio Loureiro era um dos mais conceituados médicos campinenses, que trabalhou em vários hospitais, a exemplo do Hospital Universitário Alcides Carneiro a no Hospital da FAP. O médico mantinha sua Clinica do Coração, na rua Selma Vilarim, próximo ao antigo Terminal Rodoviário no centro campinense.

Natural de Itaporanga região do Vale do Piancó, o médico Antônio Loureiro se formou em Medicina no Recife e fixou residência em Campina Grande, onde também dirigiu por vários anos a ADESG.

Diabético e portador de outras comorbidades, Antônio Loureiro como era carinhosamente tratado no meio social, viajou sem aparentar sintoma de contaminação de Covid, mas depois do Naral teria apresentado sinais que estava infectado e foi levado ao hospital onde foi internado e teve o quadro agravado por uma infecção pulmonar.

Compartilhar