Bruno pode ‘tirar’ mais um vereador da CMCG e beneficiar Progressistas

A composição da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) poderá sofrer mais uma mudança nos próximos dias. Depois da saída de Dinho do Papaléguas (Democratas), nomeado secretário de Juventude, Esporte e Lazer, abrindo vaga para o suplente Rubens Nascimento (Democratas), um vereador do Progressistas deve compor o secretariado do prefeito Bruno Cunha Lima (PSD).

Acesse: Com agenda conservadora, suplente de vereador toma posse na CMCG após nomeação de Dinho na Secretaria de Esporte

Trata-se do Pastor Luciano Breno, ex-filiado ao PPL e reeleito em 2020 com 2 321 votos. Trata-se da indicação do clã Ribeiro, que comanda o Progressistas na cidade e na Paraíba. Caso a articulação vingue, o suplente, também do Progressistas, Emerson Cabral assumiria uma cadeira no Legislativo.

Cabral obteve 1 290 votos, não sendo titular por 6, já que Rostand Paraíba, segundo vereador eleito pelo partido, alcançou 1 295.

Redação Paraíba Debate com informações de Max Silva

Veja também:

Compartilhar