Pastor da Igreja Congregacional Central, Samuel Veras, morre de Covid em Campina Grande

O pastor da Igreja Evangélica Congregacional Central de Campina Grande, Samuel Dionísio de Veras, faleceu na noite desta segunda-feira (11). O pastor estava à frente da igreja há mais de 30 anos e era um líder religioso bastante respeitado e querido pela comunidade evangélica e toda população campinense.

A esposa Edileusa Veras, que também contraiu Covid está internada num hospital particular de Campina Grande, em tratamento e diariamente se comunica com os irmãos através da rede social.

Foi através do seu Facebook que ela fez postagens na noite desta segunda, comunicando com pesar e resignação, o falecimento do esposo, que havia sido entubado no domingo e externando a tristeza em não poder ter um sepultamento digno.

Ainda nesta noite, amigos e autoridades civis fizeram postagens lamentando a morte do pastor da Congregacional Central, localizada na Rua 13 de Maio, no centro da cidade.

Pastor Samuel Veras deixou viúva, dois filhos e três netos e sepultamento ocorrerá no Campo Santo da Paz, com cerimônia reservada à família em função dos protocolos sanitários.

Compartilhar