Esposa presta homenagem a Maranhão, que continua internado: “Sempre que eu olhar para o céu, verei você pilotando entre as nuvens”

A desembargadora Fátima Bezerra, esposa do senador José Maranhão (MDB), escreveu uma declaração de amor ao marido, que segue internado em UTI do Hospital Vital Nova Star, em São Paulo, em tratamento de complicações causadas pela Covid-19, a doença causada pelo novo Coronavírus.

O texto foi compartilhado nas redes sociais pelo Padre Nilson Nunes, que visitou recentemente o político. No texto, Fátima faz um relato pessoal da dor que sente ao presenciar, do 15º andar do hospital, a luta de José Maranhão contra a doença, assim como a de tantos outros brasileiros e paulistanos.

“Eu consigo me perder na sua vasta paisagem. Vejo rostos ensangüentados, corpos chagados, vidas ceifadas estampadas nos cantos dos viadutos e nos leitos dos modernos centros de saúde. Choro as suas dores. Só não sei se é maior do que a minha, na solidão desse quarto de hotel, vendo São Paulo do 15° andar”, disse.

A desembargadora também descreveu o que seria um diálogo com o senador. “Estás escrevendo poesia minha filha? Você não tem jeito… É muito romântica!”

“Não, meu amor. Só estou tentando descobrir, no céu, algo parecido com um coração. Porque sempre que eu olhar para o céu verei você pilotando entre as nuvens e deixando desenhado no ar o símbolo do nosso amor”, pontuou.

Acesse também:

Compartilhar