Profissionais do Hospital das Clínicas e do Trauma de Campina Grande começam a receber primeira dose da CoronaVac

Começou nesta terça-feira (19) a primeira etapa de imunização dos profissionais que estão na linha de frente do combate à Covid-19 na Paraíba. No Hospital das Clínicas em Campina Grande, por exemplo, 390 enfermeiros, médicos, técnicos e fisioterapeutas receberão a dose inicial da CoronaVac.

“Estamos com mais forças para ajudar a salvar vidas. Emoção imensa e a luta continua, estamos prontos e mais fortes para vencer essa grande batalha”, disse a fisioterapeuta Diana Nóbrega, primeira a ser vacinada no hospital. Ela ainda fez uma alerta: “Use máscara, isolamento social, precisamos continuar nos cuidando e ainda temos um longo caminho para todos serem imunizados, pois a vacinação começou agora”, declarou.

Trabalhando sem parar desde março, Diana acrescentou: “Missão árdua, mas prazerosa. Estou aqui desde março junto com uma equipe imensa tentando amenizar o sofrimento das pessoas que procuram atendimento. Gratidão em representar todos os profissionais do Hospital das Clínicas e o Hospital de Trauma de Campina Grande”.

Jhonny Bezerra, diretor-técnico do Hospital de Clínicas de Campina Grande, destacou a importância da vacina neste momento da pandemia. “O Governo da Paraíba em tempo recorde fez a distribuição das vacinas para todos os 223 municípios do Estado e o Hospital das Clínicas, por ser referência para o tratamento da Covid-19, tem como prioridade a imunização de 390 profissionais. É um momento histórico, é uma grande vitória. Sabemos da eficácia da CoronaVac e por causa dela deixaremos ter mortes”, pontuou.

Foto: Ascom

A vacinação de quase 400 profissionais representa o início da imunização de todos que atuam na unidade desde junho, quando o governador João Azevêdo (Cidadania) entregou o espaço como Hospital de Campanha.

Jhonny ainda revelou que profissionais que trabalham no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, o Trauma de Campina Grande, também serão vacinados neste primeiro momento. “O Trauma possui uma ala Covid com 190 profissionais trabalhando, eles são grupos do prioritário e em breve o Governo do Estado estará distribuindo mais vacinas”, informou.

Redação Paraíba Debate – Gabriel Barbosa

Veja também:

Compartilhar