Veneziano diz que recebeu convites para se filiar a três partidos antes de escolher retornar ao MDB

O senador Veneziano Vital do Rêgo falou nesta quarta-feira (20), nos microfones da Arapuan FM, sobre seu retorno ao MDB – partido pelo qual foi eleito e reeleito prefeito de Campina Grande em 2004 e 2008 e deputado federal em 2014. Ele agradeceu os convites feitos para migrar para o Podemos, Cidadania e Democratas, logo após deixar o PSB em dezembro do ano passado e destacou os motivos que lhe fizeram optar pela volta ao MDB.

“Nossa escolha foi facilitada por força das relações que nós deixamos no partido, relações seguranças, sinceras e francas, e isso tornou mais facilitada essa a escolha e decisão. Honrosamente recebi convites do Democratas do senador Efraim Morais e do deputado federal Efraim Filho, do Podemos pelos nossos laços com Ana Cláudia Vital e pela presidente nacional Renata Abreu e o convite do governador João Azevêdo para o Cidadania. Tomamos essa decisão semana passada, formando agora um grupo com 15 senadores e senadoras. Ao lado daqueles que continuaram no MDB, dos que queriam retornar e se sentirem estimulados, vamos fortalecer a legenda que tem uma história muito briosa, essa é o meu modesto propósito”, declarou.

O senador comentou a possibilidade de Ana Cláudia (Podemos), sua esposa, participar das eleições estaduais de 2022, após ela concorrer à Prefeitura de Campina Grande, defendeu a aliança entre MDB e Cidadania na Paraíba e elogiou João Azevêdo. “Em 2020 o governador se portou de forma eficiente e responsável a tratar das questões relacionados à pandemia, então ao seu tempo João haverá falar sobre seu projeto político e eu penso que o MDB deva e possa acompanha-lo. Ana terá a oportunidade de em 2022 discutir a sua presença, ela poderá estar disputando a Assembleia Legislativo ou a Câmara Federal, mas nós não vamos nos antecipar”, disse Veneziano, destacando a votação da advogada: quase 45 mil votos, a mais votada oposição.

Ele desejou melhoras ao senador José Maranhão, presidente do MDB no Estado. O parlamentar de 89 anos trata as sequelas da Covid-19 em São Paulo. Veneziano também adiantou voto na senadora Simone Tebet (MDB-MS) para à Presidência do Congresso Nacional na disputa que se dará no próximo mês.

Redação Paraíba Debate – Gabriel Barbosa

Veja também:

Compartilhar