Paraíba não recebe águas da Transposição desde fevereiro de 2020, diz Aesa

O presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA), Porfírio Loureiro, informou nesta quarta-feira (27) que a Transposição do Rio São Francisco está suspensa para o Estado desde fevereiro de 2020. De acordo com ele, na ocasião foi preciso uma manutenção no trecho de distribuição da água e até o momento o problema não foi solucionado. 

“Ela está suspensa desde fevereiro de 2020, período em que foi necessário fazer alguns reparos e por isso foi interrompida e desde esse momento até hoje não voltou. Nós estamos suprindo essa falta das águas da Transposição com abertura de alguns açudes para cumprir a demanda do Rio Paraíba. Temos autorizado a irrigação de até 1 hectare às margens do rio, desde Monteiro até a barragem do Açude Epitácio Pessoa”, disse.

Com relação a segurança hídrica, Porfírio afirmou que não há com que se preocupar, uma vez que, atualmente os mananciais estão com uma boa recarga e a previsão é que o período chuvoso ocorra dentro da média.

“Uma situação tranquila, veja que no final de janeiro do ano passado nós estávamos com o volume do Epitácio Pessoa em 18%, pouco mais de 84 milhões   (m³) e hoje estamos com 50,5% algo em torno de 234 milhões (m³). No período chuvoso de 2020 elevamos os açudes de 18% para 70%, como temos uma previsão de um período chuvoso dentro da normalidade e em alguns pontos do estado acima da média, se repetir o mesmo volume de chuvas do ano passado, chegaremos ao Epitácio Pessoa com a capacidade máxima”, revelou.

Veja também:

Compartilhar