CMCG arquiva projeto de criação de comissão para fiscalizar vacinação contra a Covid-19; saiba como votou cada vereador

Por 12 votos a 5, a Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) arquivou, em sessão remota extraordinária, nesta quinta-feira (28), dois projetos de resolução, propostos pelo vereador Anderson Almeida (Podemos). O primeiro dispunha sobre a mudança no regimento interno da Casa e o segundo criava uma Comissão de Assuntos Relevantes para o acompanhamento do plano de imunização contra a Covid-19 no município

A sessão foi comandada pelo presidente da Casa, vereador Marinaldo Cardoso (Republicanos).

A maioria dos vereadores da bancada governista seguiu o parecer jurídico do vereador Rubens Nascimento (Democratas) que apontou a inconstitucionalidade dos projetos e sustentou que não era urgência criar a comissão. 

Anderson Almeida, por sua vez, disse que os projetos eram constitucionais e destacou que a resolução teria como “finalidade auxiliar, monitorar, fiscalizar, realizar estudos e apoiar ações, praticas e programas de contingenciamento para imunização da população contra a Covid-19”. Cinco vereadores da oposição votaram contra o arquivamento dos projeto.

Votaram pelo arquivamento:

Rubens Nascimento (Democratas);

Waldeny Santana (Democratas);

Rostand Paraíba (Progressistas);

Ivonete Ludgério (PSD);

Carol Gomes (PROS);

Sargento Neto (PSD);

Alexandre do Sindicato (PSD);

Fabiana Gomes (PSD);

Rui da Ceasa (PROS);

Saulo Noronha (Solidariedade);

Renan Maracajá (Republicanos).

Votaram contra o arquivamento:

Anderson Almeida (Podemos);

Jô Oliveira (PCdoB);

Valéria Aragão (PTB);

Olímpio Oliveira (PSL);

Dona Fátima (Podemos).

Veja também:

Compartilhar