Diretora de escola em Campina Grande morre aos 48 anos por complicações da Covid-19

Faleceu, na madrugada deste domingo (31), a professora Christianne Fátima, de 48 anos, gestora da Escola Municipal Manoel Motta, localizada no bairro de Bodocongó, em Campina Grande. Ela morreu por complicações da Covid-19, após uma semana internada no Hospital Antônio Targino.

Servidora efetiva há 30 anos, Christianne Fátima estava à frente da gestão da Manoel Motta desde 2013. O último mandato dela se encerrava este ano.

O falecimento foi lamentado pelo prefeito Bruno Cunha Lima (PSD). Em nota, ele afirmou que sempre obteve boas informações de Christianne como uma profissional da Rede de Ensino comprometida com a qualidade da Educação, e destacou também o fato de que, através do brilhante trabalho da equipe liderada pela gestora, a Manoel Motta vinha apresentando um dos melhores Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) do Município. 

Casada com Cláudio Barbosa da Silva, Christianne deixa quatro filhos. O sepultamento do corpo da professora ocorreu no Campo Santo Parque da Paz, na manhã deste domingo, restrito aos familiares.

Veja também:

Compartilhar