Presidente do PT da Paraíba nega filiação de Ricardo Coutinho e afirma que ex-governador não será candidato em 2022

O presidente do PT da Paraíba, Jackson Macêdo, negou a possibilidade de o ex-governador Ricardo Coutinho voltar para a legenda que deixou em 2003 após conflitos internos. A fala do petista repercute nesta quarta-feira (3).

“Isso não tem a menor condição de acontecer. Inclusive em 2022 ele não é candidato, até porque ele não pode ser candidato, então não existe esse debate. Esse debate sobre a filiação dele não foi feito e não vejo possibilidade”, disparou em entrevista à Correio.

Acesse: Deputado se coloca à disposição para ser candidato a senador ou vice-governador de João Azevêdo em 2022

Contudo, nos bastidores fala-se que a ida de Ricardo para a legenda é quase certa e ele teria o aval total do ex-presidente Lula e da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, assim como nas eleições de 2020. O PSB no Estado seria entregue oficialmente ao deputado federal Gervásio Maia.

Pelo PT, Ricardo foi eleito vereador de João Pessoa e deputado estadual, recebeu apoio do partido em diversas disputas, como em 2014 quando Lucélio Cartaxo, hoje no PV, foi candidato ao Senado Federal na chapa.

Veja também:

Compartilhar