Edna Henrique também sinaliza para apoio a João Azevêdo em 2022: “Sempre vi com bons olhos”

A deputada federal Edna Henrique (PSDB) pode vir a apoiar à reeleição do governador João Azevêdo (Cidadania) em 2022. O gestor já conta com a simpatia de Hugo Motta (Republicanos), Wilson Filho (PTB), Damião Feliciano (PDT) e Efraim Filho (Democratas). Além deles, também há sinalização de apoio de Julian Lemos (PSL) e Gervásio Maia (PSB).

Em entrevista à imprensa paraibana, Edna comentou que, caso o chefe do Executivo estadual a veja como útil para auxiliar em ações para desenvolvimento da Paraíba, ela irá contribuir. “Sempre vi isso com bons olhos”, disse. Ela destacou que desde a campanha de 2018 admitia uma convivência com o governador, mas que as circunstâncias políticas da época eram bem diferentes e não permitiam que esse tipo de assunto chegasse a ser pautado.

“Isso se deve mais pela presença e pelo comando de Ricardo [o ex-governador], que tinha mais atritos com nosso esquema político em Monteiro e inviabilizava qualquer possibilidade de entendimento. Um carinho muito grande pela pessoa dele [do atual governador] e a união com ele por um trabalho em defesa da Paraíba é algo que sempre vi com bons olhos”, comentou.

Em 2022, Edna deverá disputar a reeleição pelo PROS, partido que seu filho, Michel Henrique, comanda no Estado. Ele buscará herdar o espólio político do pai, João Henrique – vítima da Covid-19 no início do ano – e concorrer ao cargo de deputado estadual. O PSDB, por sua vez, tende a apoiar Romero Rodrigues (PSD) para o Governo da Paraíba e se manter na oposição.

MONTEIRO

Caso a aliança entre a família Henrique e o governador seja concretizada, João Azevêdo em Monteiro, cidade reduto do clã, haverá de conviver com a prefeita Anna Lorena (PL) e a deputada federal Edna, que romperam politicamente em 2019. Anna foi apoiada pelo grupo Henrique em 2016, se afastaram politicamente e ano passado a filha do casal Edna e João, Micheila Henrique (PSDB), foi candidata a prefeita, mas perdeu. A própria mãe esteve na chapa como vice.

Veja também:

Compartilhar