Corpo de José Maranhão é sepultado em Araruna sob forte comoção

O corpo do senador José Maranhão (MDB) foi sepultado nesta quarta-feira (10), no Cemitério Municipal de Araruna, no Brejo paraibano, sua terra natal. O enterro ocorreu por volta do meio-dia e foi acompanhado por populares e autoridades, a exemplo do senador Veneziano Vital (MDB).

Antes, o velório do senador foi realizado na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição. O corpo chegou à cidade às 20h de ontem, após ser velado em João Pessoa, no Palácio da Redenção com honras de Chefe de Estado.

Uma Missa de corpo presente foi celebrada por Dom Aldemiro, bispo de Guarabira. A celebração começou às 9h, e o corpo saiu do local às 11h.

Durante o velório, Letícia Maranhão, filha do senador, falou com a imprensa sobre o momento de dor e pesar. “Muita gente tem um carinho enorme por ele e isso deixa a gente muito feliz. O quanto ele era bom e o legado que ele deixou. Ficou 71 dias na UTI, passou por muita coisa, melhoras e pioras, ele aguentou o máximo que deu”, declarou.

O senador José Maranhão morreu na última segunda-feira (8) no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após 71 dias internado, por complicações da Covid-19. O político foi diagnosticado com a doença no dia 29 de novembro de 2020, data do segundo turno das eleições municipais.

Veja também:

Compartilhar