Prejudicados pela pandemia, músicos de Campina Grande organizam protesto: “Categoria abandonada pelo poder público”

O diretor do Sindicato de Músicos de Campina Grande, Airton Leme, disse, durante entrevista à Rádio Campina FM, nesta quarta-feira (10), que a categoria de músicos foi a primeira a parar com o início da pandemia da Covid-19 e os que conseguiram voltar estão trabalhando “de forma precária”. Ele revelou que os músicos realizarão uma manifestação para reivindicar a volta ao trabalho.

Segundo Airton, o Auxílio Emergencial pago pelo Governo Federal ajudou os músicos, mas não sanou os problemas. Ele afirmou que não há mais possibilidade de a categoria continuar parada.

“Os eventos em casas noturnas, casamentos e formaturas não estão sendo realizados e estamos sem trabalhar. Temos uma categoria completamente abandonada pelo poder público e temos que nos fazer ser ouvidos”, declarou.

A concentração do protesto será às 15h, no Parque do Povo, na próxima sexta-feira (19).

Veja também:

Compartilhar