Veneziano chama Romero de ‘desocupado’ após ser acusado de se apropriar do MDB: “Ele quer aparecer”

O senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) reagiu às declarações do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), que em entrevista concedida à imprensa local acusou o parlamentar de se apropriar do MDB enquanto o senador e presidente estadual do partido, José Maranhão, estava internado em São Paulo tratando as sequelas da Covid-19. Nesta sexta-feira (12), Veneziano chamou Romero de desocupado e sugeriu que o ex-gestor estude para se aperfeiçoar e, assim, se ocupar.

“Todos são saberemos que ingressei no MDB sem qualquer condicionante, nem para Campina Grande, minha terra natal, me apresentei para a Presidência da comissão provisória do partido. O ex-prefeito está desocupado, ocioso, tentado aparecer politicamente antecipando um processo eleitoral e ocupa de uma forma inclusive anticristã esses espaços. Eu dizia que não me permitiria falar sobre questões internas do MDB enquanto Maranhão estivesse em um leito de UTI, eu acreditava no retorno dele mesmo sabendo da delicada situação”, disse.

E continuou: “Conversava com o senador José Maranhão presencialmente em Brasília em 2020 e ele me perguntava quando eu iria para o MDB. Tratamos isso como deveria ser feito. Os assuntos relativos ao MDB não serão tratados neste instante em respeito à memória de Maranhão, temos tempo para isso. Romero foi mentiroso, provocativo e anticristão, adentrando em realidades que não são suas, ele quer aparecer de todas as formas. Vá estudar e se aperfeiçoar”, declarou Veneziano que ainda mencionou que a fala de Romero não lhe surpreende.

Acesse: Coração de José Maranhão parou de bater após oração da Ave Maria via telefone, revela esposa do senador

O senador também revelou que no momento certo haverá de dialogar com o comunicador Nilvan Ferreira, candidato a prefeito de João Pessoa em 2020 pelo MDB, e que não apoia João Azevêdo (Cidadania), atual governador do Estado que tende a ser votado mais uma vez por Veneziano e com o MDB na base.

Vice-presidente do Senado Federal, Veneziano ainda lamentou o falecimento de José Maranhão classificando o ex-governador como a maior referência do MDB da Paraíba, lembrando que conviveu com ele por mais de 20 anos e destacando as relações das duas famílias Vital e Maranhão.

Redação Paraíba Debate

Veja também:

Compartilhar