Secretário de saúde de João Pessoal disse que casos de Covid estão aumentando entre jovens

Com o aumento na taxa de ocupação de leitos covid-19 em João Pessoa, o secretário municipal de Saúde, Fábio Rocha, em entrevista à emissora de rádio de João Pessoa, reforçou a necessidade de que toda população cumpra os protocolos de prevenção contra a covid-19. Rocha cobrou dos jovens mais responsabilidades diante da pandemia, que ainda não acabou.

O secretário explicou que teve início na última segunda-feira (15) o aumento do número de leitos de UTIs’s e enfermarias, já pensando no reflexo das aglomerações registradas nas festividades do Ano Novo e do Natal. “Os números mostram preocupação. Há evidências que a doença está aumentando a sua efetividade e nós já estamos trabalhando um quadro de, daqui a aproximadamente 15 ou 20 dias, tenhamos os efeitos das aglomerações que aconteceram nos dias que seriam de carnaval”, revelou.

Fábio Rocha garantiu que a Prefeitura Municipal de João Pessoa não irá hesitar em adotar medidas restritivas, a exemplo de voltar a fechar alguns segmentos. “As pessoas têm que começar a pensar não só no seu umbigo. Cada pessoa precisa ser responsável por ela e pelos outros”, cobrou o secretário.

Além dos procedimentos que, segundo Fábio Rocha, têm sido cobrados a todo momento pelo poder público, como o uso da máscara, a não aglomeração e a higiene das mãos, é preciso que as pessoas entendam, segundo ele, que esses protocolos deverão continuar mesmo após a vacina. “As pessoas parecem estar brincando. Pensando que a vacina vai chegar e vai curar tudo. De jeito nenhum. Mesmo depois de vacinado, mantenha todos os cuidados. A covid é uma doença surpreendente. As vezes sem sintomas, mas as vezes não. Por quê o colapso? porque as pessoas mais jovens começaram a adoecer e, possivelmente, por terem mais resistência, estão passando mais tempo nos leitos, os ocupando mais demoradamente”, afirmou.

Compartilhar