Câmara Municipal de Campina Grande aprova ‘socorro’ de até R$ 3,6 milhões para empresas de ônibus

A Câmara Municipal de Campina Grande aprovou, por unanimidade, nesta quarta-feira (24) o Projeto de Lei Complementar (PLC) do Executivo que autoriza um subsídio de R$ 1,8 milhão para empresas de ônibus do transporte coletivo da cidade, durante os próximos três meses. O ‘socorro’ financeiro poderá ser renovado por igual período e valor, totalizando R$ 3,6 milhões.

Os recursos serão liberados por meio da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) e aplicados na venda de passagens: para cada passagem adquirida, o usuário do sistema terá o crédito de outra.

Com a pandemia da Covid-19 e a queda acentuada no fluxo de passageiros, as empresas que integram o sistema chegaram a paralisar o serviço ano passado. Na época, o município decidiu criar o subsídio.

No PLC foram acrescidas três emendas ao texto original, à exigência da volta de circulação da frota total do ônibus, com circulação até às 23 horas e a garantia de estabilidade no emprego para os funcionários do sistema de transporte público.

Veja também:

Compartilhar