Decreto com novas medidas de prevenção à Covid-19 em Campina Grande fica para próxima semana

A Prefeitura de Campina Grande deverá publicar, até a próxima segunda-feira (1º), um novo decreto atualizando as medidas de combate à pandemia da Covid-19. O município, que continua enquadrado na bandeira amarela, deverá ter restrições menos duras do que outras regiões do Estado – que estão nas bandeiras laranjas e vermelha, e precisaram implantar o toque de recolher.

O documento está sendo elaborado pela Procuradoria Geral do Município, mas deve sair alinhado com o entendimento de outras instituições e entidades – a exemplo do Ministério Público. A expectativa é de que o novo decreto regulamente o funcionamento de bares, por exemplo, somente até às 23h.

Acesse: Governo da Paraíba investirá R$ 120 milhões em obras para Campina Grande

A promotora da Saúde, Adriana Amorim, disse que entre as ações sugeridas pelo MP estão o disciplinamento do funcionamento de bares e restaurantes e a diminuição de pessoas em eventos (atualmente o máximo é de 200 pessoas).

As regras, em Campina Grande, deverão ser endurecidas, mas bem menos que em João Pessoa e no Sertão do Estado. E o motivo é matemático: a cidade tem índices melhores de ocupação de leitos para o tratamento de pacientes com Covid-19. Campina Grande tem hoje 56% dos leitos de UTI ocupados. Nas enfermarias, 38% das vagas estão preenchidas.

A expectativa inicial era de que o documento fosse publicado nesta sexta-feira (26) pelo prefeito Bruno Cunha Lima (PSD), que volta de viagem após cumprir agenda em Brasília.

Veja também:

Compartilhar