Secretários de Saúde defendem toque de recolher nacional das 20h às 6h

Os secretários estaduais de Saúde divulgaram uma carta em que criticam como o governo federal está enfrentando a segunda onda de casos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Eles também defendem, no documento, um toque de recolher nacional das 20h às 6h e durante os fins de semana.

“O Brasil vivencia, perplexo, o pior momento da crise sanitária provocada pela Covid-19. Os índices de novos casos da doença alcançam patamares muito elevados em todas as regiões, estados e municípios”, aponta o texto.

O documento ressalta os números de casos e mortes e atribuem ao Ministério da Saúde a “ausência de uma condução nacional unificada”. A falha teria puxado para cima os índices dramáticos da doença.

Confira aqui a carta do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, assinada pelo presidente do órgão, Carlos Lula

Fonte: com Portal Metrópoles

Compartilhar