Novo decreto vai escalonar funcionamento do comércio e impactar transporte público de Campina Grande

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), informou que até esta quinta-feira (11) entrará em vigor o novo decreto municipal com determinações preventivas e combate à Covid-19. As medidas serão adotadas com base na realidade da própria cidade, sendo também fruto do diálogo com os diversos segmentos sociais. A meta é evitar o aumento do número de casos de Covid-19, doença provocada pelo vírus, sem causar maiores prejuízos econômicos.

Conforme o prefeito, o novo decreto estabelecerá, entre outras medidas, a suspensão das atividades educacionais presenciais ou híbridas; mercados públicos e feiras livres funcionarão até às 15h, nos próximos 15 dias; escalonamento do horário de funcionamento do comércio no Centro da cidade, com algumas atividades iniciando às 07h, outras às 08h e outras às 09h, a medida visa reduzir a lotação de ônibus; redução de 40% de circulação de pessoas em galerias e shoppings centers; limitação de bares e restaurantes em termos de horários, pois poderão funcionar até às 22h; enquanto celebrações religiosas terão a limitação de 40% quanto à ocupação de templos.

Acesse: Paraíba terá recorde de óbitos por Covid-19 nesta quarta-feira (10), afirma secretário

Para Bruno, o novo decreto dá continuidade, reforça e aperfeiçoa a política implantada pelo governo municipal em Campina Grande desde o início da pandemia, cujos resultados atestam o sucesso da gestão local da crise sanitária, tornando a cidade referência no combate e no tratamento da covid-19.

Por fim, o prefeito também vai promover encontro com os demais gestores da macrorregião polarizada pelo município, para pedir o empenho de todos no sentido de que eles também endureçam nas suas cidades o processo de fiscalização, o que vai contribuir para desafogar a estrutura de saúde em Campina Grande.

Veja também:

Compartilhar