Secretária também ignora decreto estadual e afirma que Campina Grande não deveria estar na bandeira laranja

A secretária de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, Rosália Lucas, comentou a decisão da Prefeitura Municipal de não seguir o decreto do Governo do Estado e lançar um próprio contra a Covid-19 com definições adotadas de acordo com a realidade da cidade.

“Faremos restrições para que não haja lotação nos transportes públicos e nos espaços de grande circulação de pessoas. Vamos propor e analisar com toda a experiência do protocolo de retomada e dos últimos decretos, na análise que nós faremos no pós-decreto, voltaremos a sentar com cada setor para ouvir e assim fazer um novo decreto”, explicou.

A secretária contestou os dados apresentados pelo Governo do Estado que colocam Campina Grande na bandeira laranja na classificação dos casos da covid-19 nos municípios paraibanos. Ela reafirmou o que o prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) e o secretário de Saúde, Filipe Reul, já haviam divulgado que os indicadores refletem números que não condizem com os apresentados pela Secretaria de Saúde do Estado.

“Todos os dados que apresentamos ao Governo da Paraíba e que o prefeito Bruno e o secretário de saúde apresentaram ao Ministério Público comprovam que não estamos na bandeira laranja ou vermelha”, completou.

A expectativa de todos os setores é para a divulgação do decreto assinado pelo prefeito, que deve ser publicado nesta quinta-feira (11). Rosália, que tem participado ativamente da formulação do decreto juntamente com o procurador Aécio Melo, explicou que a gestão irá defender a saúde para toda a população como também a manutenção do emprego e das empresas.

Veja também:

Compartilhar