Geraldo Medeiros lamenta politização da pandemia e afirma que estamos vivendo ‘a maior tragédia sanitária da história’

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, fez um desabafo nesta quarta-feira (17) ao comentar o avanço da pandemia da Covid-19 pelo país. Ele lamentou a politização do combate ao novo Coronavírus que no Estado, por exemplo, já vitimou mais de 5 mil pessoas.

“Estamos diante da maior tragédia sanitária da história do nosso país. Um Brasil majestoso, um povo alegre e hospitaleiro jamais deveria permitir que um tema de saúde pública se configurasse como uma disputa política com grupos sectários de ambos os lados”, disse.

Acesse: Paraíba recebe quase 92 mil novas doses da CoronaVac nesta quarta-feira (17)

Geraldo condenou as “discussões inúteis e acirradas em redes sociais”, e a idolatria a drogas ineficientes “Seria o momento de estarmos unidos, tendo um único pensamento, salvar vidas de brasileiros, indistintamente do nível sócio econômico, principalmente dos nossos idosos, que representam a maioria dos mortos”, ressaltou.

Para Geraldo, o país falhou na aquisição precoce das vacinas e fez poucos investimos recursos na Atenção Primária à Saúde e na malha hospitalar ao longo dos anos associados.

Veja também:

Compartilhar