Deputado paraibano indica que será candidato a senador ‘em qualquer cenário’ e destaca base política: 38 prefeitos

O deputado Efraim Filho, líder do Democratas na Câmara Federal, afirmou esta semana durante entrevista à imprensa campinense, que já tomou a decisão de disputar uma cadeira no Senado, a única no próximo ano. Em recente pesquisa divulgada no Estado, Efraim aparece com cerca de 14% das intenções de votos e liderando a pré-campanha.

O parlamentar, filho do ex-senador Efraim Morais (Democratas), disse que “trabalha com todos os cenários”, ao ser lembrado que existem muitos postulantes a essa vaga na chapa a ser liderada pelo governador João Azevedo (Cidadania), por exemplo, na (provável) disputa pela reeleição. Aguinaldo Ribeiro (Progressistas), Lígia Feliciano (PDT) e Adriano Galdino (Avante) aparecem como opções.

Acesse: Centro de Convenções de Campina Grande terá nome do ex-deputado federal Antônio Vital do Rêgo

Efraim Filho ainda destacou que conta, já na largada, com a retaguarda de 38 prefeitos e que, no campo das hipóteses, estão postas no ‘xadrez’ político estadual as postulações para o Governo da Paraíba do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), e dos senadores Veneziano Vital (MDB) e Daniella Ribeiro (Progressistas). Esses dois últimos ainda não revelaram suas pretensões para 2022. Com o comando do MDB no Estado, Veneziano deverá indicar o vice de João Azevêdo e Daniella se mantém silenciosa.

Veja também:

Compartilhar