“Só agora o senhor percebeu essa urgente necessidade?”, pergunta secretária de educação de Pocinhos ao irmão do ex-prefeito e vereador oposicionista

A secretária municipal de Educação de Pocinhos, Jordana Araújo fez uma postagem nesta quinta-feira (18) em suas redes sociais em relação à postura de vereadores oposicionistas, em especial o líder da oposição, que vem protocolando requerimentos solicitando ações já feitas pela secretaria à gestão municipal e que na época em que o irmão era prefeito, não fazia qualquer cobrança.

O vereador Memel Chaves requereu a entrega de smartphones e tablets, para que os alunos que não têm possam assistir aulas remotas, solicitação que ainda não havia sido feita por ao longo dos 12 meses de pandemia. “É muito contraditório, afinal os oito meses de aulas remotas não foram suficientes para ele perceber a urgência?”.

Jordana Araújo explicou que além do vereador não ter feito a essa cobrança ao seu antecessor, a solicitação já foi encaminhada do gabinete da prefeita desde de janeiro para o Secretário de Educação da Paraíba, conforme documentos apresentados.

Outra cobrança do ex-vereador de situação, agora oposicionista, foi distribuição do kit de merenda para alunos da zona rural, ação que ainda não foi feita porque está em processo de licitação e que assim que for concluído a comunidade escolar irá receber.

Jordana esclareceu ainda que para amenizar a situação da população, a prefeita Eliane Galdino vem distribuindo alimento pronto a comunidade de segunda à sexta-feira, beneficiando uma parcela dos alunos e para isto não foi utilizado nenhum centavo dos recursos da merenda escolar.

Ainda em relação às demandas dos vereadores de oposição na Câmara Municipal de Pocinhos, a secretária disse que quanto ao requerimento da vereadora Mônica de Beto, sobre o possível “auxílio” aos professores, esta também já havia sido uma solicitação da Secretaria de Educação de Pocinhos.  “Como professora efetiva no município senti na pele todas as dificuldades no período remoto do ano passado, mas fomos barrados pela Lei complementar 173/2020 que impede qualquer tipo de reajuste/ gratificações”.

Confira a postagem:

Vereador de oposição Atenção comunidade escolar do município de POCINHOS!

Em meio a tantos questionamentos vim a público esclarecer.

Nas última sessões da câmara de vereadores foram protocolados alguns requerimentos de solicitações que a própria sec de educação já havia solicitado a órgãos superiores e a prefeita para as cabíveis providências.

O senhor vereador Memel Chaves, solicitou a entrega de smartphones e tablets aos alunos que não tem. Porém , essa solicitação já foi encaminhada do gabinete da prefeita desde de janeiro para o secretário do estado. Conforme mostra as imagens abaixo. Estamos aguardando o recebimento. Muito me admira sua postura, caro vereador! O senhor só ter essa preocupação de protocolar esse requerimento agora. Afinal as aulas remotas do município de POCINHOS acontecem desde do ano passado! Só agora o senhor percebeu essa urgente necessidade? Os 8 meses de aulas remotas não foram suficientes para o senhor enquanto vereador e “irmão” do prefeito perceber essa e tantas outras necessidades que essa nova modalidade de ensino apresenta? E agora pede urgência na entrega desse material. Desculpa, mas é bem cômico!!!

O senhor também protocolou um requerimento solicitando urgência na distribuição do kit de merenda para alunos da zona rural! Deixa eu explicar uma coisa para o senhor. Desde do dia 04 de janeiro, a prefeita Eliane Galdino, ao contrário do seu irmão tem tido um olhar humanizado e preocupado com à população mais vulnerável. Vem distribuindo alimento pronto a comunidade de segunda à sexta-feira. Boa parte dos nossos alunos já estão sendo beneficiados, embora, até a presente dada não tenhamos utilizado nenhum centavo dos recursos da merenda escolar. Iremos distribuir os kits, não porque o senhor solicitou, mas pq é um compromisso da nossa gestão. E até o momento não foi distribuído pq está em fase de licitação e aguardando também o parecer do conselho da merenda que avaliará duas propostas da secretaria de educação. Assim que todos os trâmites burocráticos forem realizados a comunidade escolar irá receber.

Aproveito e já adiando para o senhor que iremos distribuir fardamentos, material escolar e bolsas. Já que o senhor gosta de protocolar requerimentos de todas as ações da prefeita.

Quanto ao requerimento da vereadora Mônica de Beto, sobre o possível “auxílio” aos professores. Gostaria de esclarecer para senhora que esse também foi uma solicitação da secretaria de educação de Pocinhos. Pois sei das dificuldades que essa nova modalidade de ensino apresenta. Afinal, sou professora efetiva  no município e senti na pele todas as dificuldades no período remoto do ano passado. Porém, fomos barrados pela Lei complementar 173/2020 que impede qualquer tipo de reajuste/ gratificações.

Enfim, finalizo meu texto, direcionando minha fala aos pais dos alunos da comunidade escolar do município de Pocinhos. Agradecemos a confiança depositada na educação de Pocinhos e reafirmamos o nosso compromisso de lutar por uma educação de qualidade para os filhos de vocês.

Compartilhar