Bruno volta a questionar quantidade de vacinas enviadas ao município de Campina Grande e Governo da Paraíba responde

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), não está satisfeito com a distribuição das vacinas contra a Covid-19 feita pelo Governo do Estado. O gestor voltou a acusar a gestão estadual de privilegiar João Pessoa com mais doses. Em resposta a um seguidor em sua rede social, Bruno revela estar tomando as providências necessárias, acionando o Ministério Público para tratar a questão.

“Apesar de ter 2x o número de habitantes, o Estado já entregou 3x mais vacinas pra João Pessoa que para Campina Campina. Entende agora a diferença?! Estamos tomando as providências essa semana e amanhã (esta segunda-feira, 22) tenho videoconferência com os três Ministérios Públicos para tratar disso”, escreveu.

Acesse: Maioria dos municípios paraibanos, incluindo Campina Grande, permanecem na bandeira laranja da pandemia

Vale lembrar que a distribuição de vacinas pelo Governo da Paraíba é baseada nas orientações do Ministério da Saúde, determinado pelo Plano Nacional de Imunização (PNI), com a entrega de imunizantes sendo proporcional a população de cada município. Após passar pelo Estado, cabe as Prefeituras definirem como será a vacinação na cidade e quantas doses serão aplicadas diariamente. Veja a resposta de Bruno Cunha Lima a um seguidor:

Nesta segunda-feira, por meio de nota, a Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba rebate o prefeito. Leia:

Sobre o critério para distribuição de vacinas para os municípios, a Secretaria Estadual de Saúde esclarece que o único critério adotado para o cálculo de doses é a população de cada público alvo.

Importante registrar que na Decisão Judicial publicada na última semana, nos Autos do Agravo de Instrumento que tramita no TRF da 5ª Região, ficou esclarecido pelo Magistrado que João Pessoa pode destinar até 6% das doses recebidas ou que vier a receber para os seus profissionais de saúde envolvidos no combate da pandemia da Covid-19.

Sendo assim, os demais municípios receberão este quantitativo nas remessas seguintes, cumprindo todo o cronograma de imunização dentro da população a ser vacinada em cada público alvo.

A SES destaca, por fim, que toda população pode acompanhar a distribuição dos imunizantes por meio das notas técnicas com o quantitativo de doses para cada município no site paraiba.pb.gov.br/coronavírus.

Veja também:

Compartilhar