Mantendo contato com a população, policias cruzam os braços em Campina Grande em protesto pela vacinação

O vice-presidente da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (Aspol), Frank Barbosa, confirmou, em entrevista à Caturité FM, nesta segunda-feira (22), a paralisação dos agentes. Segundo ele, a mobilização acontecerá das 11h às 13h, com o objetivo de que os policiais sejam incluídos nos grupos prioritários para a vacina contra a Covid-19.

Vale lembrar que os agentes da segurança pública devem receber, de acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI), a vacina após as pessoas ‘privadas de liberdade’. As queixas da classe são direcionadas ao Governo Federal.

Ainda de acordo com Frank, a categoria, mesmo com a pandemia, tem mantido contato com a população e trabalhando para evitar aglomerações. “Fizemos um levantamento junto a Delegacia Geral e tínhamos 233 policiais que tinham sido infectados pela Covid-19. Esses números vêm aumentando, temos relatos de que vários policiais estão doentes com o Coronavírus”, disse. Por fim, ele informou que devido à Covid-19 cinco policiais do Estado faleceram.

A manifestação é nacional e na Paraíba acontece também em João Pessoa e Patos.

Veja também:

Compartilhar