Após COSEMS identificar erro da SES na distribuição de doses excedentes de vacina a uma cidade, municípios serão compensados

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB) recebeu ofício nesta quinta-feira (25) da Secretaria do Estado da Saúde, reconhecendo erro no envio de doses excedentes de vacina contra Covid à João Pessoa, em detrimentos dos demais municípios paraibanos. Na última sexta-feira (19), o problema foi identificado pelo COSEMS, que de imediato solicitou a reparação do equívoco com a compensação das doses.

Através do trabalho incessante do COSEMS, cuja atuação é pautada na forma imparcial de agir em defesa dos 223 municípios paraibanos, foi possível identificar a falha na distribuição das doses e cobrar providências à respeito do fato.

A presidente do COSEMS, Soraya Galdino tranquilizou os municípios e disse que o órgão está atento aos direitos dos municípios mas que também cobra os seus deveres e de todos os entes envolvidos no processo de vacinação, a começar pela etapa da distribuição. “Ao notarmos a situação, de imediato notificamos a SES o caso para que estes 222 municípios não fossem prejudicados e agora a correção e a reparação irá ser feira conforme a SES atesta no documento enviado ao Cosems.

E completou: “Nos alegra ter este reconhecimento pois é o nosso trabalho em defesa de todos os municípios ajudando e defendendo o certo e o justo para todos os 223 municípios. Vamos continuar apoiando, defendendo e discutindo políticas públicas de saúde em defesa do nosso estado e dos municípios de forma indistinta e equânime”.

No ofício enviado ao COSEMS, a SES se compromete a realizar a correção com a distribuição corrigida a partir da próxima remessa das doses, o que segundo o documento deverá ser feito na 10ª e 11ª remessa e depois disso, será realizada a dedução do quantitativo referente à 2ª dose já enviada ao município de João Pessoa.

Compartilhar