Aumenta número de animais abandonados em Campina Grande e Zoonoses pede ajuda de voluntários para cuidar de cães e gatos

Aumentou o número de animais abandonados em Campina Grande, e com isso, o Centro de Zoonoses está lotado. Segundo a coordenadora do espaço, Aretuza Nascimento, muitos dos cães e gatos que circulam pelas ruas centrais não são castrados o que contribui para a superlotação do Centro que tem, atualmente, mais de 300 animais.

Aretuza ressaltou que no Zoonoses, os animais são bem cuidados e que há estoque suficiente de ração e remédios, encaminhados pela Secretaria de Saúde. Porém, há uma grande necessidade por voluntários.

“A gente solicita da população e de que quem quiser se voluntariar, a vir ao Centro fazer um passeio com um animal, dar banho, será muito bem-vindo. Para isso, pode nos procurar no local, ser maior de 18 anos, trazer documentação, faz uma ficha de voluntário e adequa o dia da semana que achar melhor”, convocou.

Ele também afirmou que o Centro está à disposição para receber os bichos para realizar castração, mas não é possível acolhê-los, diante da atual realidade.

O Zoonoses de Campina Grande fica localizado na Rua Isolda Barros Torquato, em Bodocongó. Telefone: (83) 3310 7062

Veja também:

Compartilhar