Inconformada com resultado das urnas, Drª Mara continua sofrendo derrotas na Justiça

Além de perder nas urnas por uma diferença maior que o dobro para o prefeito reeleito Felipe Coutinho, a ex-candidata a prefeita de Puxinanã, Jucimara Cavalcante Andrade, Drª Mara, perdeu mais uma vez na justiça. Desta vez, ela havia impetrado uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o prefeito eleito e além da justiça julgar a ação improcedente, condenou por litigância e má-fé.

As investidas judiciais de Drª Mara contra a coligação do prefeito reeleito também se traduziram no seu estilo de campanha, marcado por muitos ataques e acusações infundadas.

Em dezembro, Dra Mara havia sido condenada pela Justiça pela quarta vez por má-fé, em razão de ter movido ação contra o então candidato à reeleição, Felipe Coutinho, alegando suposta propaganda irregular durante a campanha. Além da ação ter sido julgada improcedente, ela recebeu uma multa.

O jurídico do prefeito explicou que as acusações da candidata foram consideradas infundadas e irresponsáveis e diante das provas cabais de que não houve irregularidade. “Estas condenações são fruto das representações irresponsáveis e inconsequentes da candidata contra a coligação com a qual concorreu e que venceu as eleições”.

Compartilhar