COVID-19: Setor funerário de Campina Grande apresenta alta demanda

A Covid-19 tem impactado o setor funerário no Brasil inteiro e em Campina Grande há o registro de falta de matéria-prima, do aumento da procura e da escassez de profissionais nesse âmbito.

Uma empresa da cidade que trabalha com planos funerários revelou que a demanda pelo serviço aumentou 50% no mês de março, quando comparado ao mesmo período do ano passado. A rotina dos funcionários e da própria empresa foi alterada e o impacto exigiu um replanejamento envolvendo a compra de caixões, kits de proteção individual e ampliação na contratação de funcionários.

De acordo com um empresário do setor funerário, João Pedro, Campina Grande não chegou no nível de mortalidade de regiões como Sul e Sudeste, mas há um aumento muito grande da demanda, tendo em vista que também há um nível crescente de internações e de infecções pela Covid-19.

João frisou que no momento em que a demanda aumenta em alguma região, os fornecedores locais são impactados da mesma forma.

Outra empresa da cidade também precisou se adaptar ao novo momento e hoje trabalha com estoque limitado de urnas, tendo em vista a grande demanda. Também houve uma queda no número de funcionários, que não suportaram o número de óbitos pela Covid-19 e pediram demissão.

O empresário Edmilson Umbelino destacou que houve aumento na procura de planos e na área particular.

*Com informações da TV Itararé

Compartilhar