Prefeitura de Campina Grande confirma realização de casamento coletivo este ano, mas faz mistério sobre São João

A Prefeitura de Campina Grande confirmou que este ano, diferente de 2020, será realizado o tradicional casamento coletivo, evento incluso na programação do Maior São João do Mundo. A previsão é de que a cerimônia aconteça de forma híbrida ou totalmente remota por causa da pandemia de Covid-19.

No entanto, há menos de três meses para o mês de junho não existe um posicionamento oficial da gestão municipal sobre o São João, crescendo a especulação de cancelamento ou adiamento da festa, que também não foi possível acontecer ano passado, enquanto isso segmentos ligados ao evento aguardam por uma resposta oficial, como barraqueiros e artistas locais.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEDE), uma das pastas envolvidas diretamente na organização do festejo junino, tem discutido semanalmente ‘saídas’ para minimizar o impacto da crise sanitária no São João com o objetivo de manter o Maior São João do Mundo vivo, declarou uma assessora. Porém, os detalhes não são de conhecimento público.

A data e o procedimento para inscrição dos casais na celebração coletiva também não foram divulgados. O município avalia a possibilidade de que o evento, que era realizado na Pirâmide do Parque do Povo, aconteça em outro local. Se a cerimônia for realizada de forma híbrida, o número de casais será reduzido.

A ideia é de que apenas noivos com histórias ligadas ao enfretamento da pandemia participem da celebração presencial. Como nos anos anteriores, só poderão participar casais residentes em Campina Grande e nos distritos de São José da Mata, Galante, Catolé de Boa Vista e Santa Teresinha.

Veja também:

Compartilhar