Ex-vereador Bruno Gaudêncio explica que não foi nomeado pela Prefeitura de Campina Grande e houve equívoco de nomes

O ex-vereador Bruno Gaudêncio viu seu nome figurar na última semana dando conta de que teria sido nomeado pelo prefeito Bruno Cunha Lima para Prefeitura de Campina Grande. O defensor público estadual procurou o Paraíba Debate para esclarecer o equívoco, alegando que o que possivelmente ocorreu foi uma confusão por causa do seu nome, já que possui alguns homônimos no estado.

Bem-humorado, ele disse que inclusive tem um primo como o nome e que constantemente é confundido com ele e por causa disso já passou por situações embarcadas.

“Tem muitas pessoas como meu nome e também um primo que é da área cultural, já foram para eventos com em que homenageavam meu primo pensando se tratar de mim e uma vez o saudoso Wilson Braga me ligou surpreso por não saber que eu era escritor e querendo saber quando seria o lançamento”.

O ex-vereador disse que não foi nomeado e nem tem qualquer vínculo com a Prefeitura Municipal de Campina Grande. Ele trabalha como defensor Público do Estado e atribui a informação a coincidência dos nomes.

Compartilhar