Por causa de atraso no pagamento do vale-compras, trabalhadores suspenderam coleta de lixo em Campina Grande

O secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente de Campina Grande, Geraldo Nobre, explicou os motivos da suspensão da coleta de lixo, por algumas horas, na última segunda-feira (12). De acordo com ele, um atraso na liberação do vale-compras, devido a burocracia no Banco Bradesco, levou o sindicato da categoria a incentivar a paralisação dos serviços. O problema já foi solucionado e a coleta normalizada.

Segundo Geraldo, os trabalhadores estão com seus salários rigorosamente em dia e que ocorreu apenas um problema, por parte do banco, na liberação dos valores referentes ao vale-compras.

Tratando a situação como equívoco, o secretário explicou que a LimpMax, empresa responsável pela coleta do lixo em Campina Grande, depositou o dinheiro equivalente ao vale-compras dos agentes de limpeza, no dia 7 deste mês. “Possivelmente por falha no sistema, ou outro motivo, o banco não fez o repasse para a empresa que administra estes cartões, não só de Campina Grande, mas também de João Pessoa e outras cidades”, explicou.

Veja também:

Compartilhar