Sindicato lamenta não realização do São João de Campina Grande pelo segundo ano consecutivo

Divaildo Júnior, presidente do Sindicato de Bares, Hotéis e Restaurantes de Campina Grande (SindCampina), falou nesta segunda-feira (19) sobre a não realização do Maior São João do Mundo nos moldes tradicionais este ano e disse que a decisão já era esperada, tendo em vista a pandemia da Covid-19. Ele avaliou que o município perde, pela segunda vez, ‘a sua maior fonte de faturamento externo’.

“Já esperávamos essa notícia por parte da Prefeitura, por conta de todo o quadro pandêmico que estamos vivendo”, declarou Divaildo que ainda fez um apelo ao poder público e afirmou que as empresas chegaram ao limite e precisam de intervenção estatal.

De acordo com o sindicalista, o consumidor paraibano, ao fazer compras pela internet, consome produtos que vêm de outros Estados e municípios e isso não auxilia na geração de renda e receita para manter a economia do Estado.

Veja também:

Compartilhar