Projeto “Prato Cheio” inicia distribuição de mil refeições diárias para pessoas em situação de vulnerabilidade em Campina Grande

O Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Humano, em parceria com a Arquidiocese de Paraíba e o Instituto São José, iniciou nesta segunda-feira (19), as ações do programa “Prato Cheio”, uma iniciativa que servirá mil refeições diárias de forma gratuita, às pessoas em situação de vulnerabilidade social em Campina Grande. Com a ação, juntamente com os almoços servidos no Restaurante Popular, o Governo amplia para 2500 refeições, no mínimo.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira (Cidadania), que esteve acompanhando o início do programa na Rainha da Borborema, serão 300 cafés da manhã, 400 almoços e 300 jantares. A secretária de Estado, Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), as vereadoras Jô Oliveira (PCdoB) e Valéria Aragão (PTB), e os vereadores Anderson Almeida (Podemos) e Hilmar Falcão (DC) também participaram do ato.

Ainda segundo Tibério, o Prato Cheio atenderá de segunda a sábado em três horários: 07h; 12h e 16h, até o final do ano. Os pontos de entrega serão na Praça Clementino Procópio e na lateral da antiga Cavesa. Os beneficiários vivem na região central da cidade já foram cadastrados e receberam uma carteirinha de identificação.

Veja também:

Compartilhar