Comerciante reage a assalto e é morto em Campina Grande; mãe entrega filho suspeito do crime à polícia

O comerciante campinense Josemar da Silva, de 46 anos, foi morto a tiros, dentro do próprio estabelecimento, que fica na Avenida Plínio Lemos, no bairro das Malvinas. O crime aconteceu na noite de segunda-feira (26).

As câmeras de segurança registraram toda a ação, dentro e fora da tapiocaria. Nas imagens, é possível ver o momento em que o bandido entra na local e se passa por cliente, em seguida anuncia o assalto. Ele rende uma funcionária, depois entra em luta corporal com Josemar, que reagiu.

O criminoso acabou atirando no comerciante à queima-roupa e consegue fugir em seguida. O comerciante ainda foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas não resistiu.

E na manhã desta terça-feira (27), acompanhado da mãe e da irmã, Diego Alves da Costa, de 24 anos, confessou ter matado o comerciante Josemar da Silva.

De acordo com informações da Polícia Militar, um segundo suspeito estava esperando em uma moto, com quem o autor dos disparos fugiu. Às 10h30 desta terça-feira, o suspeito do crime ainda estava sendo ouvido na Delegacia de Roubos e Furtos, que realizou a prisão.

Veja também:

Compartilhar