Adriano Galdino cobra de Bolsonaro um melhor trato nas relações diplomáticas: “Dependemos da China e da Índia”

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deputado Adriano Galdino (Avante), fez um apelo nesta quarta-feira (28), durante discurso no pequeno expediente na Casa, onde solicita ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) um melhor trato nas relações diplomáticas brasileiras, pois segundo ele, isso vem prejudicando a chegada de mais insumos para a produção da CoronaVac no Brasil.

“Nós dependemos da China e da Índia para a aquisição dos insumos”, observou Galdino, ao acrescentar que a diplomacia brasileira precisa melhorar as relações com os dois países. A crítica vem mesmo após a recente mudança de comando no Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

Recentemente os deputados da Assembleia encaminharam um documento ao presidente da República, para Organização Mundial de Saúde (OMS) e para todos os países possíveis, clamando ajuda para combater o Coronavírus. A proposta foi apresentada por Hervázio Bezerra (PSB)

Hervázio solicitou que Adriano Galdino determinasse a Assessoria Técnica do Poder Legislativo a elaboração do documento a ser assinado por todos os parlamentares, assim o queiram. A proposta é acionar os embaixadores brasileiros em todo o mundo, sob a orientação do presidente Jair Bolsonaro, para que possam manter contato urgentemente com os 293 países oficiais do mundo inteiro, para clamar ajuda no combate à pandemia da Covid-19.

“Já que o problema não é só nosso, mas do mundo inteiro, precisamos pedir a solidariedade dos outros países, para obtermos vacina suficiente para o povo brasileiro. O Brasil já foi solidário com várias endemias e catástrofes no mundo inteiro”, lembrou Hervázio.

Em resposta à solicitação do deputado Hervázio, Adriano Galdino determinou a elaboração do documento e frisou: “Nós precisamos sensibilizar o mundo, pois temos a necessidade de ter vacina para que possamos vencer esse combate”.

Veja também:

Compartilhar