Paraibana é presa suspeita de agredir filho de 3 anos até a morte em São Paulo

Um menino de 3 anos identificado como ‘Gael’ morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória dentro de casa, em um prédio nos Jardins, bairro nobre de São Paulo.

A mãe foi presa na madrugada desta terça-feira (11) suspeita de ter agredido a criança até a morte. A mulher prestou depoimento em uma delegacia e foi levada para uma carceragem.

A morte foi constatada após a Polícia Militar ser acionada pela irmã da vítima, de 13 anos. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tentou reanimar a criança, mas ela morreu antes de chegar ao pronto socorro.

Mesmo morando na Capital paulista, os pais de Gael são do Cariri paraibano e, de acordo com informações, a previsão é que o corpo de Gael chegue em João Pessoa por volta de 15h, de onde seguirá para o município de Prata, onde ocorrerá o sepultamento ainda nesta terça-feira.

Veja também:

Compartilhar