Bruno Cunha Lima garante voto em Bolsonaro em 2022: “Não concordo com a volta do PT”

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), não gostou dos gestos de diálogo do presidente nacional do seu partido, Gilberto Kassab, com o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na última semana. Ele afirmou que não acredita que Kassab vá fazer alianças políticas com o PT e se manifestou contrário a qualquer tipo de aproximação com a legenda adversária.

“O presidente Kassab é tido como interlocutor e isso impõe a ele obrigações de diálogos. Eu sou totalmente contrário a um movimento de aproximação com o PT, com o ex-presidente Lula e aquela turma. Já manifestei isso publicamente”, declarou.

Bruno aproveitou ainda para declarar apoio à reeleição do atual presidente Jair Bolsonaro (ainda sem partido). “Naturalmente voto em Bolsonaro. Pela minha formação, minha linha política, pela dicotomia e principalmente se houver essa polarização. Não concordo com a volta do PT”, finalizou.

Veja também:

Compartilhar