Aliança entre PT, PSB, PV, PSOL e PCdoB não faz oposição a João Azevêdo, diz Cida Ramos

Os partidos PT, PSB, PV, PSOL e PCdoB na Paraíba formaram, recentemente, uma aliança para combater a agenda do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e da extrema direita no Estado. Segundo a deputada estadual Cida Ramos (PSB), a frente não faz oposição ao governador João Azevêdo (Cidadania).

A parlamentar destaca que as legendas se uniram para lutar contra a estagnação econômica do país, desemprego e à fome. “É uma frente em defesa da vida, em defesa das políticas públicas, em defesa do povo paraibano e brasileiro”, disse.

Cida ressalta ainda que, caso João Azevêdo concorde com os ideais defendidos pelo grupo, também poderá ingressar na aliança. “Não discutimos nada contra o governador, até porque até agora o governador não disse como ele se coloca diante das candidaturas e dos projetos em curso no Brasil”, justificou.

Sobre o PSB, a deputada revelou que o partido irá priorizar em 2022 uma maior inserção no processo eleitoral, com a eleição de deputados federais e estaduais.

O PSB busca também organizar um campo propício para a discussão do acesso ao trabalho e à renda. Cida Ramos defende a existência de um projeto que se preocupe com o desenvolvimento econômico e com a inclusão social das pessoas. Ela lamenta ainda a realidade das 33 milhões de pessoas desempregadas no Brasil.

Veja também:

Compartilhar