Com casos de Covid-19 em alta, João Azevêdo prevê novas medidas restritivas e cita recorde de regulação de leitos

Novas medidas restritivas de prevenção e combate à Covid-19 podem ser adotadas se a tendência de alta de casos de Covid-19 na Paraíba seguir até o fim desta semana. A informação foi dada pelo governador João Azevêdo (Cidadania), nesta terça-feira (25), ao citar o recorde de regulações de pacientes para hospitais do Estado na semana passada.

Em uma semana foram mais de 600 regulações, com isso, a Paraíba bateu recorde desde o início da pandemia. A adoção de novas medidas mais restritivas para frear a circulação do vírus, a partir da restrição da mobilidade urbana, deve sair nos próximos dias.

João Azevêdo disse que mais de mil pessoas estão internadas em hospitais da rede estadual. Ele pediu que a população mantenha os cuidados preventivos. “O uso da máscara é fundamental na prevenção do Coronavírus”, pontuou.

O último decreto publicado pelo governador entrou em vigor no último dia 19 de maio e vale até 2 junho. O documento determina o endurecimento das medidas sanitárias em mais de 160 municípios, entre eles Campina Grande e João Pessoas, as duas maiores cidades do Estado.

Veja também:

Compartilhar