Adriano faz uma alerta aos prefeitos paraibanos sobre o aumento de casos de Covid; assista o vídeo

Na manhã desta quarta-feira (26), durante o Pequeno Expediente da Assembleia Legislativa da Paraíba, o presidente da Casa, Adriano Galdino, alertou para a chegada da terceira onda da Covid-19 na Paraíba e a interiorização da pandemia. Ele aproveitou a ocasião para reforçar a importância dos cuidados básicos para evitar a transmissão do vírus.

“É fato que a Covid está se interiorizando. A gente vê uma relação muito forte para esse aumento: a falta de uso de máscaras e de distanciamento social. Usar máscara de proteção, manter os cuidados básicos de higiene e evitar aglomerações, mesmo com a flexibilização do isolamento, são medidas imprescindíveis enquanto perdurar a pandemia”, alertou Adriano Galdino.

Além do compromisso da população para o cumprimento das medidas preventivas, o presidente da Assembleia ressaltou que os prefeitos também precisam analisar a necessidade de decretar medidas restritivas em seus municípios, para evitar um novo colapso no sistema de saúde. “Não se pode, apenas, esperar o decreto do Governo do Estado, por receio de se indispor com a população. Cada prefeito precisa tomar para si a responsabilidade de determinar ações dentro do seu município, dentro da sua realidade. Com bom senso, com equilíbrio, procurando dialogar, a gente consegue mostrar à população de que o melhor são as medidas restritivas”, enfatizou.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), a ocupação dos leitos de UTI na Paraíba é de 77%. Entretanto, no sertão, 91% dos leitos de UTI estão ocupados, nível considerado preocupante. Na região metropolitana de João Pessoa, 79% dos leitos de UTI para adultos estão ocupados. Em Campina Grande, o mesmo setor tem taxa de 78%.

Até essa terça-feira (25), a Paraíba contabilizava 320.276 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus e 7.484 mortes em decorrência da doença. Todos os 223 municípios paraibanos já registraram casos da doença e 218 cidades registraram óbitos.

Veja o vídeo:

Compartilhar