João Azevêdo acredita que 100% da população paraibana estará imunizada contra a Covid-19 até outubro

Os meses de isolamento forçado, o medo de morrer e o caos na economia por causa do impacto da crise sanitária provocada pandemia da Covid-19 podem acabar ainda no segundo semestre de 2021. Essa é a avaliação do governador João Azêvedo (Cidadania) que, nesta segunda-feira (31), durante entrevista ao programa ‘Conversa com o Governador’, destacou o ritmo da vacinação e a previsão de imunizar 100% da população até outubro.

Além das medidas sanitárias de prevenção contra o Coronavírus, a vacina também é considerada uma das únicas formas de se retomar a rotina do novo normal sem índices altos de mortes e internações. “Até o mês de setembro ou outubro no máximo, com a população vacinada, poderemos retornar a uma condição da economia com a geração de emprego e fazer com que a vida dentro do novo normal possa ser retomada”, disse.

Acesse: Novo decreto está sendo preparado diante do agravamento da pandemia na Paraíba e secretário alerta: “Não é momento para se pensar em festa de São João”

Azevêdo explicou que a população que não faz parte dos grupos prioritários para a vacinação deve começar a receber as doses da vacina em breve. A informação tinha sido antecipada pelo secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, quando afirmou que a vacinação da população por faixa etária terá início ainda esta semana, caso o fluxo de doses enviadas ao Estado continue no ritmo em que está. 

“Temos a demonstração clara que a vacinação tem surtido efeito importante. A vacinação é responsável pela queda no número de internações e de óbitos. Essa imunização vai se ampliar e incluir ainda mais pessoa. Estamos diante de uma situação extremamente grave, em que problema não só de vagas nos leitos, mais também de insumos, nós iremos ter se não tivermos o cuidado de tirarmos a pressão do sistema de saúde”, alertou.

Redação Paraíba Debate com informações do Click Paraíba

Veja também:

Compartilhar